top of page

                                                                            Ponte Affonso Penna 

         Uma das telas do Sr. Guigui representa a Ponte Affonso Penna de Itumbiara, que tornou-se um símbolo da cidade. Sempre mencionada como ponto turístico local, a ponte foi inaugurada em 15 de novembro de 1909 e marcou o desenvolvimento local.

      Trata-se de uma ponte pênsil de 158m de extensão com vão de 124 m, em uma pista de rolamento horizontal de 3 metros e largura total de 4,8m. Em sua posição original tinha apoio de dois pilares com 2,000 metros cúbicos de alvenaria que sustentavam oito torres medindo 17,8 metros de altura e sustentavam 14 cabos de aço com 221m cada. Cada cabo sustentava 125 toneladas. Foi nomeada como Ponte Affonso Penna em homenagem ao então Presidente da República, Affonso Augusto Moreira Penna. A ponte liga Itumbiara no sudeste de Goiás a cidade mineira de Araporã no noroeste de Minas Gerais, sobre o Rio Paranaíba.

       A Ponte Affonso Penna, ponte pênsil que teve suas peças metálicas importadas da Alemanha e trazidas para o Brasil. Feita em aço, é tida por alguns pesquisadores como a mais antiga ponte pênsil brasileira ainda em uso. Em 1960, com a construção da BR-153, e a construção de uma nova ponte de concreto, a ponte foi praticamente desativada e, no início da década de 1970 ela foi transferida para outro local, em função da construção da Usina Hidroelétrica de Itumbiara - Furnas, para fazer a ligação da Vila Operária construída na cidade de Itumbiara com o canteiro de obras da usina em Araporã. A Ponte Affonso Penna guarda marcas da Revolução de 1930. Hoje a Ponte Affonso Penna é tombada como Patrimônio Cultural Brasileiro.

          

          Você mora em Itumbiara? Já passou por aqui? O que você pode contar sobre esta ponte? Registre suas contribuições nos comentários!!!

bottom of page